quinta-feira, 5 de dezembro de 2013


...e que permaneça Mandela, porque ainda há muito por fazer.

Nenhum comentário: