quinta-feira, 15 de agosto de 2013

 
Andava aqui dentro de mim
procurava espaço, cavava dentro de mim
torcia os caminhos dentro de mim
espiava pra fora e voltava
lambia resíduos dentro de mim
cutucava os pedaços
farejava dentro de mim os toques e as partes
me levava para olhar as luzes da janela
só de passagem, só pra buscar
as cores acesas no escuro
aquilo aqui dentro de mim
era a saudade.

 

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

sexta-feira, 9 de agosto de 2013


Solidão. Guardei. E então. Fluxo contínuo passo que não pára os passos não param redondo corrente ar música vem atrás de mim é caminho caminho passadas de ar braços pelas trajetórias de quem não sei quem é tem braços rasgando mergulhos que não terminam de construir espaços de cuidado "talvez no tempo da delicadeza".
(para Dark Room | iN SAiO Cia. de Arte)
    

quinta-feira, 1 de agosto de 2013


Quando eu olho pra você, vejo a mim no que eu, embora não possa ser, sou.

(para Dark Room | iN SAiO Cia. de Arte)