quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

   
Menina pequena, criança doce, de sorriso iluminado, olhos redondos atentos o tempo todo e cachinhos deliciosos de fazer carinho. Procura os animais, chama cada um. Prefere menos barulho. Dança na sua dança divertida de giros e balanços musicais, dessas que assistiríamos por muito tempo. Fala, fala, fala, sabe tudo o que diz, mesmo que a gente ainda não saiba. Gosta de tomate cereja, rasgar papel, riscar a roupa, limpar as mesas. Observa o espelho. Caminha e corre de um jeito tão delicioso de ver. Estende a mão e vem passear junto. Tem aquele gesto nas mãos que é particularmente seu, de quem procura e não entende, e quer encontrar. Cheia de expressões. Quantas cores cria em mim, essa sua energia renovada. Bem-vinda, a cada dia, ao planeta das surpresas. O seu olhar acompanha todos os movimentos desse mundo por descobrir e eu te observo encantada e cheia de admiração.
               

3 comentários:

Tânia Liberato disse...

Eu a vi através do seu olhar. Linda e inocente.

Sarita disse...

Maravilhoso!!!Imagino esse texto lido depois de um tempo!!!Que emoção...

Tito disse...

Nossa, acho que me desmanchei...
Muito obrigado por tudo minha querida. Este encantamento nos move, nos transforma e deve ser preservado sempre! Muitos beijos, muito feliz cumadi!
Pedro