quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Caminante, son tus huellas / el camino, y nada más;
caminante, no hay camino, / se hace camino al andar.
Al andar se hace camino, / y al volver la vista atrás
se ve la senda que nunca / se ha de volver a pisar.
Caminante, no hay camino, / sino estelas en la mar

Caminhante, são teus rastos / o caminho, e nada mais;
caminhante, não há caminho, / faz-se caminho ao caminhar.
Ao andar faz-se o caminho, / e ao olhar-se para trás
vê-se a senda que jamais / se há-de voltar a pisar.
Caminhante, não há caminho, / somente sulcos no mar.

(Antonio Machado)
   

Um comentário:

Dea Conti (a filha) disse...

Grande Antonio Machado!
Espaço agradável, esse: descobri que você cresceu... :D