sexta-feira, 30 de maio de 2008


É que a gente sempre sabe tão pouco sobre todas as coisas.
E eu hoje (não) entendo o nada daqui - o desconhecido, velho conhecido.
Ansiedade. Anseio. Ânsia (s).
Para onde? Por ali, de uma maneira ou de outra.


Um comentário:

marcela disse...

Depende da referencia...
Acho que se (não) soubéssemos nada não teríamos a ansiedade do onde imaginário e porém sabido nesse inconciente...
Acredito, então, que a angústia que arrebata é o não saber que caminho tomar... e fica um abismo entre o aqui e o lá...
Ou não...
Sei lá ... acho que num sei mais nada hihihihihihi
Só sei, que nada sei..disseram e eu nem sei quem foi...hihihihihihi
Porém sei que to morrendo de saudades ... e que nosso combinado já furou...hihihihihih o correria malvada né...beijos te amo